“The Japanese animation industry has hit a dead end”

– Hideaki Anno

” A indústria japonesa de animação está a um passo do fim ” – Hideaki no festival de Tokyo

O diretor Hideaki Anno mais do que ninguém tem conhecimento de causa e mérito para falar sobre esse assunto. O próprio diretor Hayao Miyazaki falou sobre isso quando disse que se os animadores mais jovens quiserem fazer longas de animação de verdade falando sobre a vida, eles vão ter que passar a viver a vida real e não só serem otakus que se isolam do mundo com waifus e produtos derivados de animes e mangás.

 

Para vocês verem a situação, parece que o projeto Mirai do governo japonês que apoia novos animadores e novas animações foi cancelado devido a política do “Cool Japan” ter falhado em atrair mais turistas para o Japão através do mundo dos animes e mangás, devido aos desastres do tsunami e o acidente na usina nuclear de Fukushima. Foi através do projeto Mirai que o anime Little Witch Academy da Trigger foi produzido.  Mais absurdo é que animações descartáveis e criadas apenas para o fanservice e a venda de produtos ligados a animações comerciais tem filas de produtores esperando para produzir esses animes, enquanto que o filme póstumo do diretor Satoshi Kon, Dreaming Machine (?????, Yume Miru Kikai) não é finalizado até hoje por falta de produtores interessados em investir no longa de animação.

Little Witch Academia, produção do estúdio Trigger que foi beneficiado pelo projeto Mirai.

O futuro da animação japonesa não é bom, ainda mais com a aposentadoria do diretor Hayao Miyazaki e o fracasso do último filme lançado pelo estúdio Ghibli, Omoide no Marnie. Mas para os novos fãs que estão conhecendo a animação japonesa agora e que só conhecem essas animações mais comerciais, o futuro vai ser bem divertido para eles, mas como em qualquer negócio, sem criatividade e inovação, coisa que só animações de mais qualidade e com um lado artístico mais aprofundado, como o anime Katanagatari e as animações de estúdios como o KyoAni (Hyouka) e o estúdio Shaft (Monogatari), a animação japonesa vai acabar entrando em estagnação uma dia e pode até morrer como arte, ficando só o lado comercial e descartável, como bem disse o diretor Hideaki Anno na entrevista.

Entrevista de Hideaki Anno no Festival de Tokyo

Créditos a Japanholic’s Hyperdimension

 

About The Author

Sidney Marcelo

Sou um Fã da cultura oriental, adoro escrever e discutir sobre esse meio. ADM na Japanholic's Hyperdimension e ajudante em um monte de outras coisas!

Related Posts

  • Thiago Theodoro de Oliveira

    nossa! SE isso acontecer, vai virar uma coisa igual ao funk de agora: sem nexo, estranho e nada mais nada menos que uma porcaria apenas para vender algo (no caso do funk o sexo, dos mangás/animes waifus)

    • Theo

      Olhe , vendo o conteúdo de alguns animes , pode-se dizer que isso já acontece.

  • KurumY

    Verdade que que animes com qualidade são poucos e está tudo voltado para as formas em como fazer dinheiro(comércio) então concordo com algumas coisas que ele disse + é só a opinião, a industria pode piorar como melhorar também…

  • Loup Stephens

    Pior que é verdade.

  • Jussara Gonzo

    Nem consegui ler a matéria… olha as orelhas do sujeito!

    • Augusto Sousa Santos

      típico comentário BR.

    • Bloody Mary A Escrota

      dizem que quanto mais a orelha maior a longevidade…. por isso que esse cara ai e o Lima Duarte são imortais

    • Rafael Dantas Medrado

      e esse bigode ai jussara?

  • Talles Henryque

    espero q seja mentira :3

  • Hunterigeno

    fudeu

  • Twero

    Até parece que a indústria de anime tá igual a Disney logo após o Walt Disney ter morrido: era um filme esquecível atrás do outro.

    Os japa precisam se renovar no ramo que são únicos em fazer. Animes moe e super saturados de fanservices existem aos montes. Precisamos de um realmente revolucionário!

  • yuji

    Eu ja consumi muito material Main Stream, ainda consumo, porém com o tempo passo a buscar coisas mais alternativas, no geral, não gosto muito dos fã services.

  • Nicolas Domingos

    Só li verdades. Só produzem lixo comercial, focando no que os otakus pedem e não do que a indústria realmente anda precisando, que são obras com conteúdo realmente interessante e não histórinhas cliclês que todo mundo já tá cansado de ver.. Se acabar, não foi por falta de aviso.

    • Jorge Luiz Rodrigues Vilella

      Na realidade, a indústria precisa do que vende (como qualquer indústria).
      … e infelizmente, esse é o tipo de conteúdo que vende.

    • Lucas Deviluke

      Love Live é um dos bds mais comprados,onde já se viu ?

  • William Lottermann

    Concordo que o mercado está saturado desses clichês, mas se formos vermos o que erá antes do ano 2000, tem vários animes que nem legendados por fansubs foram de tão fracos e desconhecidos que eram, se seguir pela lei dos grandes números e fazer um gráfico de obras “impactantes” da pra ver que a quantidade continua basicamente a mesma, a diferença é que hoje tem mais estúdios do que antigamente… em resumo, o cenário atual nem de longe é o melhor, mas acho difícil o mercado das animações morrerem em menos de 20 anos…

  • Taty Souza

    Bem assim… Pra mim essa industria ja caiu há mto tempo :B Só vou acabar de ver Naturo msm. Ai vai ficar apenas na memoria mesmo os excelentes animes de antigamente, que nao mostravam soh peito, bunda e fan service…

  • Felipe Melo

    A Disney vai comprar o Japão inteiro

    • Lidiane Jesus Silva

      Vai tudo vira Frozen…..

      • Chris Falcon

        Não que isso seja ruim, Frozen tem muito mais história do que todos os ecchis juntos. Se é que anime pra virjão que precisa de peitudas fazendo pose toda hora tem história.

  • Jeffer Bolzan de Oliveira

    isso e uma puta verdade ultimamente vou ver os lançamentos fora se vc procurar algum manga a maioria e so harem a vsf mano o genero ja ta mais passado de mao em mao que puta os poucos animes que saem que não sao desse estilo ou sao como To Aru , SAO , DRR , Fate sao franquias de + de 10 anos de sucesso então elas se firmaram mas msm assim ta dificil encontrar novos sucessos que não sejam harems poucos como Angel Beats , Hyouka , Sakurasou Pet no Kanojo e outros se continuar assim provavel que um dia so veremos animes de harems e fanservice como DXD , HSTD, e até msm animes que antes não eram tanto se tornaram bem dizer ecchis genericos como no caso de To Love Ru Darkness e so putaria espero que o futuro seja melhor para os animes que ultimamente ta triste

    • Yooran

      SAO sai desse estilo?Acho que não.
      Esse negócio de todas as personagens femininas quererem o cara é um saco e uma apelação sem fim.
      E digo isso pq adorei a primeira temporada,já as outras…

  • Joojenés

    Olhem os animes de hoje em dia,a maioria cheios de ecchi e fanservissísmo,sinto falta de animes que me prendam,sinto falta daquela ansiedade de esperar o próximo capítulo.Parece que hoje em dia,o pessoal que produz os animes só querem saber daquele público ”Virgem de 45 anos que mora com os pais e passa o dia batendo uma pra menininhas 2D”.É tanto clichê,é tanto anime com histórias iguais e sem nexo algum,é claro que alguma hora tem que estagnar.

    Desculpem se eu estiver errada…mas pra mim essa é a realidade e quem duvidar,basta abrir algum site que disponibiliza animes e ver um por um da temporada.Não vai ter um em que você não vai encontrar peitões gigantescos pulando pra fora das roupas ou cenas extremamente sugestivas.

  • xcog

    Tem que cair mesmo, a melhor maneira de parar de produzir esse lixo comercial de hoje em dia é tirar os executivos e produtores da sua zona de conforto para que sejam obrigados a tentar coisas novas e não ficar na mesma mesmice de sempre.

    • Pedro Vinicius

      Hm? Você leu o texto? O efeito é exatamente o contrario. A industria não esta em crise, ela movimenta cerca de 1 bilhão por ano, o que está em falta são exatamente as obras originais devido a demanda do mercado por coisas clichês.

  • Edmilson_Junior

    Resumindo: Assim como tudo na vida o dinheiro fala mais alto.

  • Rak Nay

    Desculpe meus amigos chorões, mas isso é contrario da animação estar no fim.
    Ta bombando e lucrando mais do que nunca.
    Antigamente reclamavam do lixo superviolento que olham saudosos para o passado dizendo que aquilo era animação boa.
    Se os desenhos que vendem são lixo comercial então eles querem fazer lixo que não é comercial.
    O fato do mercado estar supersaturado do que vendo so mostra que o mercado esta forte e atual.
    Daqui a alguns anos o mercado vai mudar e vai ter gente chorando q a animação não é a mesma.

    • Pedro Vinicius

      Outro que não deve ter lido ou entendi o texto. Vamos lá, quem disse que a industria estava no fim foi o diretor de Evangelion citado na matéria, por isso a frase está entre aspas. O citado na matéria é que as obras originais de grandes diretores estão em decadência, devido o aumento do clássico otaku japonês que dorme com a waifu. A própria matéria cita obras de Satoshi Kon.

      Segundo, a industria não está em crise, movimenta 1 bilhão por ano, na verdade isso é o auge dela. Você diz que daqui alguns anos vamos dizer que a animação não é a mesma. Ok, vamos desconstruir seu argumento, olhe o harém a 20 anos atrás. ele era um gênero para público, hoje ele é um ferramenta de mercado para a obra vender mais. Daqui 10 anos eu vou lembrar de HOTD? SAO? Garotinhas vestindo uniformes militares e pilotando robôs de guerra? Bom, eu pelo menos já digo agora que animação está em escassez. Pegue uma temporada de animes, sai uns 30 ou 40 por temporada, você acha só uns 5 legais e vai lembrar só de 1 ou 2 daqui 4 anos.

      Você não deve ter sacado que ainda existem diretores que produzem obras originais (citados no texto). A diferença é que eles não consegue pagar os gastos de produção, simplesmente porque o otaku japonês compra o Blu-Ray de To Love Ru e deixa o de Ghost in the Shell de lado.

    • vitor

      super saturado de lixo, igual na época do crash dos videogames de 1984, faziam qualquer merda e empurravam na goela da molecada, hoje em dia os animes tão saindo quase como uma linha de montagem, mesmas historias, mesmos personagens, e muito fanservice, os mangas tão piores ainda, so esse ano 6 animes de transão da escola uma hora ou outra alguém vai dar a luz ao “E.T” ai mano fudeu.

  • Gabriel Tamaki

    concordo totalmente passo por forums e sites sobre animes vejo poucas pessoas falando de animes de qualidade que lançaram a pouco como barakamon,maoyuu maou e yuusha,zankyou no terror, tem muita gente falando dos lixos totalmente clichês de ecchi harém escolar com garotas que tem peitos maiores que a cabeça, como makenki é realmente uma tristeza que tenha um publico tão grande que curta essa porcaria

  • vitor

    infeliz mente a industria de animação japonesa ta indo pra saco mesmo, Highschool DxD ja vai pra 3°temporada e Iktousen vai ganhar um live action, porra !!!!!

  • SackGreen

    só a MadHouse q ta salvando, ela sim ta fazendo animes de qualidade não só na animação, mas tmb em conteudo, por exemplo o Hunter x Hunter, Kiseijuu, DeathParade dessa temporada, fora esse estudio, ultimamente só vejo shaft q tem alguns animes boms, porq os outros estudios tão uma merda, só ecchi toma no cu, essa temporada msm ta uma merda, garotas moe cozinhando, copia de DxD entre outros

  • Apenas uma Who

    Antigamente tinha tanto anime ruim quanto hoje. Hoje em dia só aparenta ter mais porque hoje em dia é produzido mais que o dobro de antigamente.
    Atualmente tem muitos animes excelentes sim! o que dizer de Fate/Zero, Steins;Gate, Fullmetal Alchemist Brotherhood, Gosick, Gakkan Shoujo Nozaki-Kun, Oregairu, Sakurasou No Pet na Kanojo, Higurashi No Naku Koro Ni (apesar da animação trash), HXH 2011, Code Geass, Magi e etc? Poderia citar muitos outros. É verdade que aumentou a produção de obras clichês (harém, escola de magia) e ecchis, mas dizer que antigamente era melhor e que hoje em dia não presta é exagero. Se procurar direitinho, você acha excelentes animes! É só saber procurar.

    E, infelizmente, essa é a realidade. O que vende mais no japão é fanservice. Se não fosse isso, óbvio que seria diferente. Claro, tem os animes exceções que vende pra caramba mesmo não tendo fanservice. Como Fate/Zero, o 1 box do BD vendeu uns 50 e poucos mil e o 2 box também. O negócio é avaliar o anime dentro de suas propostas. Nego veio reclamando de ecchi em um anime sendo que o anime é categorizado como Ecchi KKKKKKKK é como ir no site pornô sem querer ver sexo. Entendam. A culpa não é só da indústria, e sim, dos consumidores.

  • Marcos Correa

    cara, o projeto mirai não foi cancelado não… já tem projetos pra 2018 .-.