UM SONHO, TODOS HOMENS DEVEM POSSUIR UM SONHO. No episódio de hoje vamos falar dos dois primeiros arcos de um mangá marcante, polêmico e filosófico. Berserk e o destino no Papo Anime 22. Arcos abordados Espadachim Negro Era de Ouro LEITURA DE COMENTÁRIOS EM BREVE  

O post Papo Anime 22 – Berserk (Era de Ouro) apareceu primeiro em AHC TV.

About The Author

Pedro de Castro
Moderador - Dono do AHC TV

Amante de arte visual, pseudo-entendido de direção e fundador do AHC TV. Ama jogar, assistir e conhecer pessoas novas.

Related Posts

  • Phoenix

    vídeo em si é muito bom, eu não sou o melhor para dar sugestões, então pelo menos vou apontar os pontos que eu gostei e que eu achei que ficou faltando.
    Vocês citaram detalhes que eu já tinha reparado e reforçaram isso, como a diferença sonho X realidade, a arte, trilha sonora. Eu gostei bastante disso.
    Só uma coisa que eu acho que faltou citar, mas talvez seja porque é uma impressão pessoal.
    Em Paprika, o enredo não é “explicado”, as coisas simplesmente vão acontecendo, tirando a explicação básica do começo, em nenhum outro momento os personagens param para explicar mais nada, “mas explicar o quê?” A própria história, geralmente nos filmes, há momentos em que os personagens traçam o objetivo, o próximo passo: “preciso fazer isso por causa disso e daquilo”. Nesse filme eles só “fazem” isso é algo não muito comum em filmes e pode ser uma faca de dois gumes, há pessoas que gostam, porque pode dar uma imersão maior, sem necessidade de ficar na ladainha, e há outros que não gostam. Eu particularmente não curto muito, não gosto de deixar o filme “me levar” ao fim. Eu gostei do filme, mas até a sua reta final (quando eles descobrem quem é o “vilão”) o filme estava bem mediano para mim (a arte/trilha sonora não entram aqui), eu passei a gostar justamente porque nada mais precisava ser explicado, não precisava ter um “objetivo”, estava claro, e tudo começou a fluir, desse ponto em diante o filme me agradou muito.
    Outro ponto que vale a pena citar é que vocês disseram que o filme poderia ser recomendado normalmente até para quem não gosta de anime. Eu não concordo muito com isso, Paprika é um filme mais seletivo, tudo bem que talvez você queria dizer que é para recomendar para quem gosta de filmes “fora do convencional”, se esse for o caso então ignore essa última parte.
    Bem isso é tudo que eu tinha para falar, o vídeo foi muito bom, parabéns.